Torpedos de alertas da Defesa Civil só chegam após temporal

Apesar do alarde criado pelo governo Hartung sobre a implantação do sistema de alertas da Defesa Civil para a população capixaba se proteger, na prática os torpedos (SMS’s) de alertas tem chegado minutos antes, quando não após o início das tempestades.

Conforme entrevista do tenente coronel do Corpo de Bombeiros Carlos Wagner Borges, à Rádio CBN, o sistema é uma parceria entre a Secretaria Nacional de Defesa Civil, a Anatel, as Operadoras de telefonia e as coordenadorias estaduais de Defesa Civil e “o Espírito Santo está saindo na frente, um dos primeiros estados a trabalhar o alerta à sociedade. Toda vez que tiver alguma possibilidade de um desastre natural, ou uma chuva mais intensa, um risco de alagamento, enxurrada, raios na região, ele vai ser avisado que isso vai acontecer com antecedência bem como as medidas que ele deve adotar como cidadão para evitar que um mal maior aconteça com ele.”

Porém, mais uma vez nessa segunda-feira, apesar das fortes chuvas atingirem a Grande Vitória desde as 6h30, alertas foram recebidos nos celulares bem após, alguns por volta das 8h, quando boa parte de ruas e avenidas já estavam alagadas.

O celular cadastrado da nossa equipe de reportagem, por exemplo, só registrou o primeiro alerta às 8h12: “Defesa Civil: Alerta de Alagamentos para ESPIRITO SANTO/ES. Evite áreas alagadas e procure abrigo em locais seguros. Proteja-se!”; minutos depois às 8h30 outra mensagem chegou “Defesa Civil: Alerta de Deslizamentos para Vila Velha/ES, Vitoria/ES. Evite áreas de risco e procure abrigo em locais seguros. Proteja-se!”

Antes, a última mensagem encaminhada pela Defesa Civil foi ainda na quinta-feira, 05 de abril, às 10h37. Mesmo tendo tido outros temporais, de menor intensidade ao que ocorre hoje.

Ou seja, se o capixaba for se guiar pelo sistema de alertas via mensagens diretas para os celulares cadastrados, não conseguirá se proteger e se resguardar para evitar possíveis incidentes. Outra falha é que sequer é reforçado para onde ligar em caso de emergências.

É preciso que o Governo melhore a precisão das previsões do tempo com investimento em infraestrutura e pessoal por meio de concurso público junto aos órgãos responsáveis, como Incaper, para garantir assim um melhor tempo hábil para as famílias se protegerem. O Sindipúblicos aproveita para repudiar os gestores que continuam a ignorar a necessidade de limpezas periódicas em galerias e bueiros, jogando sempre a culpa dos alagamentos na Grande Vitória nas intensidades das chuvas e nas marés. O capixaba precisa limpar da política esses governantes.

Como cadastrar
Apesar das falhas, para cadastrar o celular, o capixaba deve encaminhar o numero do CEP da localidade para 40199. Se o CEP for aceito, você receberá uma mensagem de confirmação.

Em caso de Desastres, clique aqui para orientações da Defesa Civil.

A nossa equipe de reportagem está tentando contato com a Assessoria de Imprensa do Corpo de Bombeiros para ouvir o motivo da falha no sistema de alertas, mas até a publicação dessa matéria os telefones do setor não estavam sendo atendidos.