• Home
  • Notícias
  • Matérias
  • Sindipúblicos completa 30 anos em defesa dos servidores e de serviços públicos eficientes

Sindipúblicos completa 30 anos em defesa dos servidores e de serviços públicos eficientes

 

Em 31 de janeiro de 1989, há 30 anos, servidores vinculados à administração indireta fundavam o Sindipúblicos. Inicialmente, o sindicato funcionou dentro dentro do Instituto Jones Santos Neves (IJSN), posteriormente, com o aumento de filiados e de arrecadação passou a ocupar uma sala alugada, no edifício Augusto Ruschi, Centro de Vitória.

Nesta época, o Sindicato contava com uma única funcionária, que organizava administrativamente toda a Entidade, presidida por José Saade Filho, que assumiu a Instituição por um ano e nove meses, até a primeira eleição realizada em dezembro de 1990, quando os servidores elegeram o Marcelo Cláudio Caliman, que por dois mandatos consecutivos, contribuiu para a consolidação do Sindicato, tornando-se referência para os servidores públicos estaduais.

De uma sala ‘emprestada’ no IJSN,em 2007 foi adquirida a atual sede com um amplo espaço para atender as demandas dos sindicalizados.

Unificação

Em 24 de junho de 2003, foi aprovada a unificação entre o  Siseades, que representava os servidores da Administração Direta, com o Sindipúblicos, com o objetivo de fortalecer a organização dos servidores e enfrentar o autoritarismo e a intransigência dos governantes daquele contexto histórico.  Neste período, presidiam o Siseades, Francisco José Carlos (Chiquinho), e o Sindipúblicos, Haylson de Oliveira.

Conquistas

As constantes lutas do Sindipúblicos, ao longo dos anos, resultaram em importantes conquistas para os servidores do Estado, destacando-se a assinatura de diversos acordos e dissídios coletivos que garantiram direitos para os servidores, como reajustes salariais, auxílio-creche, gratificação de férias, vale-transporte, auxílio-alimentação, licença maternidade, tabela salarial, assistência médica, além de vitórias na Justiça do Trabalho.

Eficiência nos serviços públicos

O combate à corrupção e a cobrança contínua de condições adequadas para os servidores oferecerem serviços públicos eficientes à toda população também sempre estiveram presentes na pauta do Sindipúblicos. Entre as lutas junto as demandas da sociedade esteve a defesa da reforma agrária, moradia, emprego, contra a flexibilização da CLT, contra a terceirização irrestrita, dentre outros desmandos das políticas contra os trabalhadores e, principalmente, o combate ao crime organizado e à impunidade no Estado do Espírito Santo.

Futuro

Apesar de estar ainda no início, os primeiros dias de 2019 já reforçam as previsões de um novo ciclo de lutas. Com o endurecimento da retirada de direitos dos trabalhadores, torna-se ainda mais fundamental o fortalecimento do Sindicato com a unificação dos servidores para, juntos com a sociedade, cobrar das autoridades o avanço das pautas e contra o retrocesso nas mais diversas áreas defendidas pelo atual governo. Além da luta pelo pagamento dos precatórios da trimestralidade, estabelecimento da data-base, recomposição inflacionária, entre outras.

“O Sindipúblicos chega aos seus 30 anos de fundação consolidado como uma das entidades sindicais mais representativas. Reflexo da atuação dos diretores que aqui já passaram, e dos servidores que estiveram presentes nas lutas. Mas nesse momento em que vivemos, é cada vez mais importante nos unirmos para evitar que nossos direitos sejam retirados e lutar sempre por melhorias para os servidores e toda a sociedade.” comenta Tadeu Guerzet, presidente do Sindipúblicos.

Comemorações

Estão sendo programadas diversas atividades ao longo do ano, como a realização do Congresso Estadual, para celebrar a trajetória do Sindipúblicos e discutir as novas perspectivas e futuro do movimento sindical em defesa dos servidores estaduais.