Servidores do Iema realizam assembleia sobre banco de horas e outros assuntos

Na manhã desta quinta-feira, 11 de janeiro, os servidores do Iema estiveram reunidos em Assembleia convocada pelo Sindipúblicos para deliberarem sobre indícios de ilegalidades em processo seletivo de DT’s pela autarquia; licitação de restaurante e a regulamentação do banco de horas.

Quanto ao banco de horas foi deliberado que o Sindicato irá encaminhar pedido de reunião com a direção do Iema para, juntos com os servidores, discutirem as limitações e especificidades de cada setor da Autarquia, como as unidades de conservação e a fiscalização, evitando que servidores venham ser prejudicados.

Sobre a licitação do restaurante, os servidores decidiram por melhor acompanhar o processo licitatório cobrando transparência e participação desses junto à direção do Iema. Ficou ainda acordado que o Sindicato encaminhará as medidas jurídicas necessárias em caso de publicação de edital de contratação de DT’s que fujam às normais legais.

Foi ainda informado que o Sindipúblicos entrou com uma ação civil questionando a reestruturação do Iema, bem como o andamento da Ação Direta de Inconstitucionalidade em que o Ministério Público (MP-ES) reconheceu a ilegalidade da reestruturação e ainda que entrará como amicus curiae na ação civil pública em que o Ministério Público do Trabalho/ES questiona as condições do trabalho dos servidores do Iema após denúncias do Sindicato.