Servidores do Iema aprovam ato em defesa do Instituto

Os servidores do Iema aprovaram a realização de um ato público no próximo dia 22 de maio para denunciar a falta de condições de trabalho da autarquia, as perdas salariais e a morosidade do governo em atender as demandas. A avaliação dos servidores é que a direção do Iema, apesar de ter respondido o oficio encaminhado, não apresentou ações concretas e prazos para resolver as demandas.

Entre os problemas enfrentados estão a falta de infraestrutura; estagiários realizando função de profissionais diante ao déficit de pessoal; comissionados indicados pelo governo sem capacidade técnica; falta de carros para realizar fiscalizações e outras atividades; ausência de motoristas para atender os servidores entre outros pontos.

“Continuamos na UTI. Já são quatro meses que virou o governo e nada se resolve, pelo contrário, só vem se agravando a situação. O caso aqui é de saúde mental, não tem como trabalhar sem condições. O mínimo que o Estado tem que fazer é oferecer condições para atuarmos”, comentou uma servidora do Iema.

O Sindicato reforça a necessidade do governo oferecer as condições adequadas para os servidores atuarem, bem como a recuperação das perdas inflacionárias, garantindo assim que os anseios da sociedade quanto a proteção do meio ambiente sejam de fato atendidas.