Pelo ES, só Felipe Rigoni, Helder Salomão e Ted Conti votam contra PEC dos Precatórios da União

Diretoria Plena irá discutir organização de Assembleia Unificada no dia 22 de novembro
10 de novembro de 2021
Sindicatos convocam Assembleia Unificada para discutir recomposição inflacionária
16 de novembro de 2021

Dos dez deputados federais pelo Espírito Santo, apenas três votaram contra a PEC dos Precatórios, que irá promover um verdadeiro calote junto aos credores da União. Todos os demais deputados capixabas – confira o placar abaixo – votaram favoráveis.
Ao todo, a PEC foi aprovada na Câmara dos Deputados por 323 votos a 172 e uma abstenção.

Segundo análise de especialistas, a proposta, ao postergar o pagamento dos chamados precatórios, constitucionaliza o calote contra os credores da União. Em vez de honrar as dívidas judiciais, o Executivo pretende aproveitar os cerca de R$ 90 bilhões do Orçamento do próximo ano para garantir o pagamento do chamado Auxílio Brasil de R$ 400 de dezembro até o final de 2022, incrementando assim a disputa de Jair Bolsonaro pela reeleição.

Apesar da PEC não atingir os precatórios estaduais, o Sindipúblicos têm acompanhado detalhadamente o encaminhamento da matéria para evitar que a medida possa também ser ampliada aos estados.


Como Votou a bancada capixaba:

Amaro Neto (Republican-ES) votou sim
Da Vitória (Cidadania-ES) – votou Sim
Dra.Soraya Manato (PSL-ES) – votou Sim
Evair de Melo (PP-ES) – votou Sim
Lauriete (PSC-ES) – votou Sim
Neucimar Fraga (PSD-ES) – votou Sim
Norma Ayub (DEM-ES) – votou Sim

Felipe Rigoni (PSB-ES) – votou Não
Helder Salomão (PT-ES) – votou Não
Ted Conti (PSB-ES) – votou Não

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

vinte + 20 =