Conselheiro fiscal do Sindipúblicos é eleito para mesa diretora do Conselho Estadual de Saúde

Live é adiada devido a Plenária Virtual contra a Reforma Administrativa
16 de setembro de 2020
Guedes é condenado a R$ 50 mil por chamar servidores de “parasitas”
18 de setembro de 2020

O conselheiro fiscal do Sindipúblicos, Luis Tupinambá, foi eleito para ser o representante dos trabalhadores na mesa diretora do Conselho Estadual de Saúde (CES-ES).

A eleição foi realizada na última quinta-feira (10), durante a 83ª Reunião Extraordinária do Conselho Estadual de Saúde (CES-ES), em evento realizado de forma on-line que contou com a presença de membros do conselho.

Para presidência do CES-ES, foi eleita a professora e membro do segmento de representantes dos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), Milene Weck Terra. Esta é a quarta vez que um presidente do Conselho é eleito e esse rodízio acontece em conformidade com a Lei 10.598 de 08/12/2016.

“Estamos num momento histórico em que se agrava a criminalização dos movimentos sociais, e a representatividade dos trabalhadores voltou a ser alvo principal das ações autoritárias dos Governos. Portanto, é preciso que a sociedade se organize e crie mecanismos de ação a fim de ocupar os espaços que lhes são de direito. Os Conselhos de Saúde fazem parte desses espaços” comenta Tupinambá.

Ele lembra ainda da importância do colegiado no momento atual de combate à Covid-19. “A Pandemia nos convida a sermos fortes, a cuidarmos uns dos outros, a darmos mais importância ao coletivo. Para isso, é necessário exercermos nosso dever de cidadania para além do sufrágio universal. Os serviços de saúde do Estado do Espírito Santo precisam ser eficientes para os cidadãos, precisamos ampliar quantitativa e qualitativamente o acesso, valorizar os Trabalhadores e ampliar a estrutura do Estado consolidando serviços próprios. Precisamos apoiar os municípios para que estes construam suas redes de atenção básica, consultas e exames, para cuidarmos de nossas famílias o mais próximo de nossas casas ou de nossas regiões. Precisamos lutar por um SUS para todos, pois,  a Saúde é direito inalienável a vida, e é dever do Estado promover sua garantia”.

Além de Luiz Tupinambá, também farão parte da mesa diretora o subsecretário de Estado de Vigilância em Saúde, Luiz Carlos Reblin, representando os gestores; Ricardo Ewald, representando os prestadores de serviços de Saúde; Maria Maruza Carlesso. Gilson Mesquita de Farias, Denice da Silva Gonçalves e Elci Lobão Medeiro representam na mesa os usuários do SUS.

A nova Presidência do Conselho e a mesa diretora fica à frente da gestão até setembro de 2021. O Conselho Estadual de Saúde é formado por 28 titulares e respectivos suplentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 − três =