Marcha da saúde defenderá SUS público e democrático

Na próxima quarta-feira, 10 de abril, a partir das 8 horas, na Praça Getúlio Vargas, no Centro de Vitória, com passeata até o Palácio Anchieta, entidades sindicais e movimentos sociais irão realizar a Marcha da Saúde com o tema “Resistir pelo SUS público e democrático”.

Desde 2016, a Marcha da Saúde é realizada pelo Sindsaúde com apoio do Sindipúblicos dentre outras entidades que defendem investimentos permanentes na saúde pública com realização de concursos, infraestruturas adequadas entre outros.

Este ano, o evento irá lembrar a luta de Valdecir Gomes Nascimento, falecido no início do ano, que durante anos esteve na diretoria do Sindsaúde denunciando as mazelas na saúde pública e cobrando solução dos governos na garantia de uma saúde pública e de qualidade. Entre suas denúncias, esteve os prejuízos com a terceirização dos hospitais estaduais, bem como o sucateamentos dos hospitais públicos, em especial o Antonio Bezerra de Farias, em Vila Velha onde era servidor.

A Marcha da Saúde é realizada em alusão ao dia 07 de abril, dia mundial da saúde, data da criação da Organização Mundial da Saúde (OMS). O Sindipúblicos destaca a importância da participação dos servidores na Marcha da Saúde diante ao desmonte do SUS realizado pelos governos e que poderá ser agravado com a Reforma da Previdência que afetará os investimentos na seguridade social reduzindo as verbas investidas na saúde pública.
*Os servidores participantes receberão declaração de comparecimento.