• Home
  • Notícias
  • Matérias
  • Mais de 15 entidades, representantes de 40 mil servidores, participarão da Assembleia Unificada 

Mais de 15 entidades, representantes de 40 mil servidores, participarão da Assembleia Unificada 

Diversas entidades representativas dos servidores públicos estaduais convocaram suas bases e estarão presentes na Assembleia Geral Unificada nesta sexta-feira, 30 de agosto às 10h em frente ao Ed. Fábio Ruschi, Centro de Vitória.

Estima-se que as entidades representem diretamente mais de 40 mil servidores públicos, tanto do legislativo, executivo, judiciário, Ministério Público e Tribunal de Contas.

O pleito unificado abrange: a recomposição imediata da inflação de 5.56% referente ao período de abril de 2018 à  junho 2019; a fixação da data-base e a criação da mesa de negociação permanente.

Os servidores estão com perdas salariais que ultrapassam 26.51% desde abril de 2014, o que equivaleria dizer que trabalham durante todo ano, mas só receberia nove meses.

O presidente do Sindipúblicos, Tadeu Guerzet, reforça a importância dos servidores estarem presentes. “As entidades realizaram todo um estudo técnico comprovando que o Estado pode conceder a recomposição inflacionária. Agora é a vez dos servidores se unirem para cobrar do governo Casagrande esse direito. Por isso a participação na Assembleia do dia 30 é fundamental para demonstrar a força das categorias.”

Entre as entidades que confirmaram presença está a Ascontrol. “A participação efetiva do servidor demonstrará que não há mais espaço para discursos vazios que visam prejudicar o servidor emocional e financeiramente, refletindo no atendimento à população capixaba”, comenta Rafael Lamas, presidente da Ascontrol.

Outra categoria que está se mobilizando para participar são os servidores do Ministério Público, que têm passado por perseguição política após ser contrária à criação de 307 cargos comissionados. “Estamos fazendo um corpo a corpo a fim de mobilizar a categoria inclusive incentivando a vinda dos servidores do interior. Também convocamos uma assembleia geral ordinária para demonstrar aos associados a importância desse momento”, comentou Andreia Cristo, presidente da Assempes.

O objetivo da Assembleia desta sexta-feira é discutir com as categorias um calendário de mobilizações, com possíveis paralisações, a fim de conquistarem o direito constitucional da recomposição inflacionária anual, até o momento negada pelo governador Casagrande apesar de ter se comprometido, durante a campanha política, de sempre conceder esse direito aos servidores.

 

Confira abaixo as entidades que já aderiram ao movimento:

SINDIPÚBLICOS – SINDACE – SINDEPES  – SINDIENFERMEIROS – SINDIFISCAL – SINDIJORNALISTAS – SINDIJUDICIÁRIO – SINDSAÚDE – SINDILEGIS – ACEES – ADEPOL – AESAP – AFIDAF – ASCONTROL – ASSEMPES – ASSIN  – FOCATES