Justiça federal determina reintegração de pesquisador do Incaper

A Justiça Federal determinou que o Incaper reintegre o pesquisador Hélcio Costa, no prazo de 05 dias, mantendo todos efeitos financeiros e administrativos que ocupara anteriormente à demissão.

A decisão levou em conta a defesa do servidor que demonstrou não haver nenhum dolo ou beneficiamento diante aos equívocos cometidos pelo mesmo durante a prestação de contas referente a pesquisa “Produção integrada de morangueiro no estado do Espírito Santo”, publicada no diário oficial da União, com anuência do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Em matéria publicada pelo Sindipúblicos, a punição à Hélcio Costa foi considerada injusta e de grave prejuízo social diante ao seu notório saber que vem contribuindo para o desenvolvimento da agricultura capixaba.

O Sindipúblicos reforça o seu repúdio à demissão e cobra a necessidade de mudanças no organograma de funções e responsabilidades da pesquisa/extensão garantindo assim que os pesquisadores possam de fato se concentrarem no seu trabalho científico, tendo o devido respaldo de seus órgãos/autarquias no que tange às questões administrativas e financeiras.