• Home
  • Notícias
  • Matérias
  • Hartung inicia campanha 2018 se reunindo com pastores e defendendo a corrupção de Temer

Hartung inicia campanha 2018 se reunindo com pastores e defendendo a corrupção de Temer

O governador Hartung tem reforçado suas viagens e eventos em uma clara intenção de disputar votos em 2018, realizando verdadeiros comícios em formas de palestras, inaugurações e encontros.

Nesta segunda-feira, 13 de junho, por exemplo, Hartung se reuniu no Palácio Anchieta com 200 pastores de diversas denominações religiosas, e mais uma vez defendeu com ‘unhas e dentes’ o governo Temer. Quanto ao lamaçal de corrupção em que Temer e o seu partido PMDB estão envolvidos, Hartung apenas disse que é um cenário desafiador, mas que o Brasil conseguirá atravessar.

Para o governador, as reformas de Temer são capazes de recuperar a economia do país, repetindo seu discurso ainda de dezembro de 2016 quando declarou em entrevista: “A recuperação do dinamismo de nossa economia passa, essencialmente, pela retomada do crescimento do país, incluindo o restabelecimento do equilíbrio fiscal da União e a efetivação das reformas modernizantes”.

Os estreitos laços de Hartung com Temer fizeram, por exemplo, com que a secretaria da fazenda do Espírito Santo, Ângela Vescovi, assumisse o comando do Tesouro Nacional. Isso devido ao alinhamento político-econômico, visto que os três defendem uma política de total recessão e cortes para o povo com isenções fiscais aos financiadores de campanhas, muitos desses envolvidos em escândalos de corrupção.

Espera-se que os pastores que participaram do evento, tenham a consciência ética de defender o bem comum à toda sociedade, fazendo as críticas e cobranças necessárias ao governo que tem ignorado as necessidades do povo capixaba.

A sociedade não pode mais aceitar que políticos continuem a utilizar de seus poderes para barganhar cargos e verbas públicas junto à empresários financiadores de campanhas, garantindo isenções fiscais entre outros benefícios. Em 2018 esses políticos precisam ser ‘varridos’ do poder, colocando no poder reais representantes da sociedade.

Fonte: A Gazeta e A Tribuna.

  • Por uma nova Convocação Constituinte visando a necessária e urgente Reforma Política, primeiramente #ForaTemer #ForaTodos
    Quanto aos pastores, com tantos falsos profetas que vemos por aí, verdadeiros escarnecedores da Palavra, seriam bom que refletissem, não só os pastores, mas também todos e todas que congregam na “casa”: Mateus 21:13