Greve Nacional da Educação terá atos em Vitória e Linhares

O Sindipúblicos apoia a Greve Nacional da Educação e convida os servidores, em especial os profissionais ligados à educação e toda a população para se fazerem presentes nos atos que serão realizados nesta quarta-feira, 15 de maio, no Espírito Santo.

Em Vitória, pela manhã, os estudantes e profissionais da educação estarão concentrados à partir das 8h30 na Praça do Papa. Já à tarde, está sendo planejada uma concentração às 16h30 no Ifes e na Ufes para uma caminhada até a Assembleia Legislativa.

Em Linhares a concentração será a partir das 17h na pracinha dos Correios. Para reforçar o movimento, a diretora do Sindipúblicos Renata Setúbal, fez uma maratona de visita conversando com alunos e profissionais da educação abordando os principais impactos que os cortes e a Reforma da Previdência terá para a comunidade acadêmica e escolar. “É o momento dos estudantes, professores, servidores no geral irem às ruas lutar pelos seus direitos. Em um país ainda em desenvolvimento o governo dever aumentar os investimentos em educação e nunca pensar sequer em diminuir. Não há nenhuma justificativa para esses cortes. A redução de verbas tem que ser em cima dos privilégios do alto escalão dos poderes”, comentou Setúbal.

Os atos são contra o corte de verbas para educação e a Reforma da Previdência. O corte foi anunciado no final de abril pelo ministro Abraham Weintraub. Os professores, estudantes e servidores da educação alertam que além da proposta do governo em acabar com a aposentadoria por meio da Reforma da Previdência, estão ainda querendo acabar com a educação pública. Propostas essas com o claro objetivo de beneficiar redes de ensino privadas, bem como fundos de capitalização.

 

Servidores da educação param quarta, dia 15, contra reforma e cortes de verbas