Governo realiza audiências públicas para discutir orçamentos

O Governo do Espírito Santo está realizando audiências públicas presenciais para discutir com os capixabas o Plano Plurianual (PPA) 2020- 2023 e o Orçamento Anual de 2020. Também está disponibilizando o site www.orcamento.es.gov.br que  possibilita o registro das sugestões dos cidadãos.

Esse é um dos momentos dos servidores estarem presentes nos encontros presenciais, bem como registrarem suas demandas cobrando do governo a devida valorização da categoria e a recomposição salarial conforme determina a Constituição. Deve-se ainda ficar registrada a importância da realização de concurso público nas mais diversas áreas que estão deficitárias.

“Sem valorização profissional e com um quadro de servidores efetivos deficitários, a maioria das propostas da população nessas audiências ficará totalmente comprometida e inviabilizada. É fundamental a negociação com os servidores garantindo condições de trabalho e remuneração digna, sem isso, essas audiências serão mais uma ação de marketing sem efetividade” avalia Tadeu Guerzet, presidente do Sindipúblicos.

Estão previstos a realização de dez encontros presenciais em cidades-sedes das microrregiões que envolvem os 78 municípios do Estado. Já a participação por meio do site Orçamento em Rede, que pode ser acessado por computador, smartphone e tablete, poderá ser registrada até até o dia 23 de julho.

Durante as audiências e pelo site, os cidadãos poderão apontar e indicar soluções para os desafios que deverão receber maior atenção do Governo do Estado que foram divididos em nove áreas estratégicas: Segurança em Defesa da Vida, Educação para o Futuro, Saúde Integral, Infraestrutura para Crescer, Gestão Pública Inovadora, Desenvolvimento Econômico, Agricultura e Meio Ambiente, Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, Cultura, Turismo, Esporte e Lazer.

O Sindipúblicos orienta que os servidores participem registrando suas demandas cobrando assim do governo estadual o respeito à categoria e toda sociedade.

Clique aqui e confira a agenda das audiências.

 

Fonte: es.gov.br