Entidades organizam ato nacional em Brasília contra Reforma Administrativa

Alagoas concedeu recomposição inflacionária aos servidores abrindo margem à outros governos
27 de julho de 2021
ES alcança superávit de R$ 1,4 bi possibilitando a recomposição inflacionária
30 de julho de 2021

Na próxima semana, representantes de várias entidades dos servidores públicos estarão em Brasília (DF) no dia 3 de agosto, realizando um grande ato em defesa do serviço público e contra os desmontes propostos na PEC 32/2020.

O ato é encabeçado pelo Movimento Basta! que integra mais de 50 lideranças sindicais e consideram a Reforma um verdadeiro desmonte do serviço público.

Assim como as entidades parceiras, o Sindipúblicos convida os servidores estaduais para participarem por meio de suas redes sociais compartilhando mensagens em apoio ao ato e cobrando dos parlamentares capixabas que votem contra a PEC 32.

A PEC 32

Para diversos especialistas, a PEC é inconstitucional. Ataca os atuais servidores públicos e desmonta o Estado brasileiro. A Proposta, em tese, pretende racionalizar o serviço público e reduzir gastos com pessoal, proíbe progressões automáticas de carreira, como as gratificações por tempo de serviço, abre caminho para o fim da estabilidade e aparentemente impõe mais rigidez nas avaliações de desempenho, além de propor a redução do número de carreiras.

O governo Bolsonaro e a base de apoiadores querem dividir a categoria com falácias ao dizer que só os novos serão atingidos. Essa informação, inclusive, já foi desmascarada na Câmara por profissionais e especialistas.

Participe da mobilização! É hora de dizer basta a esses ataques!

Com informações Fenajud

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

nove + 3 =