Diretor da Pública concorre ao conselho do Funpresp

O diretor financeiro da Pública – Central do Servidor, Márcio Costa, está entre os membros da Chapa Avançar Funpresp que concorre nas eleições da Fundação de Previdência Complementar do Servidor Público Federal do Poder Executivo (Funpresp) para os conselhos Deliberativo e Fiscal, e nos comitês de assessoramento técnico do ExecPrev e LegisPrev.

O pleito será realizado de 04 a 12 de fevereiro quando os 54 mil associados irão escolher os seus representantes que serão responsáveis, além de fiscalizar a gestão do principal fundo de previdência de servidores do país, também propor mudanças nos regulamentos.

A Pública, Central do Servidor, no qual o Sindipúblicos é filiado, apoia o Avançar Funpresp que reúne as chapas 8 (Conselho Deliberativo e Fiscal), 9 (Comitê LegisPrev) e 10 (ExecPrev). Trata-se de um grupo de servidores coeso e com qualificação para lidar com os desafios da Funpresp.

O grupo propõe “aprimorar os processos internos, instituir um novo código de ética e garantir que não haja ingerência política nas decisões do fundo”. Defendendo Novos requisitos para compor Colegiados e Diretoria Executiva; Plena paridade nos órgãos de governança com eleição de dois diretores dos participantes; Melhoria no código de ética; Mais eficiência nos fluxos de trabalho e processos; Aprimorar os processos de transparência; Transmitir as reuniões via web dos comitês, Conselho Fiscal e Conselho Deliberativo e diretoria executiva.

Para votar, os servidores federais devem acessar o site ou aplicativo da Funpresp de 4 a 11 de fevereiro e registrar seu voto.