Dias 20 e 21 de junho têm assembleias nas regiões Sul e Serrana

Assembleias no Norte do Estado elegem novos delegados sindicais
15 de junho de 2022
Movimentos sociais cobram reparação contra os crimes cometidos pela Vale
20 de junho de 2022

Após a realização das assembleias na região Norte nessa semana, a nova diretoria do Sindipúblicos estará indo às regiões Serrana e Sul para continuação da eleição de delegados sindicais e congressuais e conversar sobre demais assuntos com sindicalizados do interior do Estado.

No próximo dia 20 de junho, segunda-feira, logo pela manhã, às 10h será a vez dos servidores sindicalizados da região serrana, abrangidos pelas cidades de Venda Nova do Imigrante e região: Afonso Cláudio, Brejetuba, Muniz Freire, Conceição do Castelo, Castelo, Santa Maria de Jetibá, Santa Leopoldina, Domingos Martins, Marechal Floriano, Vargem Alta, Alfredo Chaves, Guarapari e Anchieta. A assembleia será realizada no auditório da Fazenda Experimental Mendes da Fonseca (Rod. BR 262, Km 94 – Fazenda do Estado, Domingos Martins)e por teleconferência por meio do aplicativo Google Meet com link a ser divulgado no dia para todos os interessados.

Ainda no dia 20 de junho, às 14h30 será a vez dos servidores públicos lotados na Fazenda do Incaper em Pacotuba escolherem seus delegados e discutirem demais assuntos inerentes a categoria.

Já na terça-feira, 21 de junho, a diretoria do Sindipúblicos estará às 9h30 em Assembleia no salão da Igreja Nosso Senhor dos Passos (R. Padre Melo 39, Independência – Cachoeiro de Itapemirim) para atender Cachoeiro de Itapemirim e regiões próximas: Ibatiba, Irupi, Iúna, Ibitirama, Divino São Lourenço, Dores do Rio Preto, Guaçuí, Alegre, São José do Calçado, Bom Jesus do Norte, Apiacá, Jerônimo Monteiro, Muqui, Mimoso do Sul, Atílio Vivácqua, Iconha, Rio Novo do Sul, Piúma, Itapemirim, Marataízes e Presidente Kennedy. A assembleia também poderá ser acompanhada por videoconferência via Google Meet com link a ser divulgado no dia via WhatsApp. Quem por ventura não receber o link até o horário de início da assembleia, favor solicitar via WhatsApp pelo (27) 98150-2728.

Delegados

A escolha de um delegado sindical é muito importante para o fortalecimento da categoria. São eles os responsáveis por encaminhar junto às bases toda a política sindical realizando a interlocução entre o sindicato e servidores, trazendo as demandas específicas das categorias ou região, compartilhando as informações e participando de reuniões da Diretoria Plena com direito a voto nas discussões de deliberações. Além da eleição dos delegados sindicais, também estão sendo eleitos os representantes da categoria que irão participar do VII Congresso do Sindipúblicos.

VII Congresso

O Congresso é a instância máxima de decisão do Sindicato com objetivo de avaliar a conjuntura e seus reflexos na base, bem como definir metas e estratégias para enfrentar os problemas, desafios e demais temáticas de interesse da categoria. Devido a tamanha importância, são realizadas assembleias gerais onde se escolhem os delegados de base especificamente para participarem do Congresso.

Por isso é fundamental que os servidores escolham delegados que sejam atuantes e presentes junto ao Sindicato e que venham efetivamente representá-los levando as demandas da categoria.

O VII Congresso do Sindipúblicos ocorre nos dias 10, 11 e 12 de agosto no Hotel Praia Sol em Nova Almeida na Serra. O evento terá como tema central “Um Novo Sindicato para novos desafios”.

.

Confira os editais de convocação:

Assembleia Venda Nova do Imigrante – 20/06

Assembleia Fazenda de Pacotuba – 20/06

Assembleia Cachoeiro de Itapemirim  – 21/06

.

O Sindipúblicos conta com você. Filie-se e fortaleça a nossa luta!

.

1 Comment

  1. Bom dia. Gostaria de saber o que o sindicato está fazendo em relação ao desmonte sorrateiro e na surdina de ater, haja visto que acredito que todos estão concordando com tal situação, uma vez que a ordem é para utilizar o combustível das prefeituras ao invés do combustível do Estado, ordem esta acatada por todos os regionais sem questionamentos, isto significa a continuação do desmonte iniciada por hartung, aproveitando-se de tal providencia para o governo implementar políticas eleitoreiras, desviando assim recursos de ater que ja está combalida e enfraquecida, para a realização de politicagem com o aceno positivo da diretoria do incaper, que tenta justificar empurrando assim tais obrigações para os municipios, que ja tem obrigações financeiras que antes eram custeadas pelo estado. Apesar dos diretores tentarem negar tal situação, o que vejo na realidade é o estado mais uma vez abduzindo-se de sua parte como mantenedor de tal extrutura de ater, e continuando outros fatos advindo deste início, teremos uma ater mais politiqueira no futuro, pois iremos passar a ser dependentes cada vez mais dos politiqueiros locais, destruindo assim a coluna mestra de ater no estado. Gostaria que o sindipúblicos e a assin ponderasse sobre esta questão, porque hoje parece fútil, mas o caminho que o governo planeja e este sem dúvida, e se a desculpa e a redução do icms, a culpa não é do produtor rural, e sim das politicagens praticadas pelos politiqueiros que sempre acharam desculpas para tudo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

13 + 5 =