Deputados aprovam regime de urgência ao projeto que restabelece auxílio-alimentação

Deputados aprovaram nesta tarde o Requerimento de Urgência ao Projeto de Lei nº 281/2017, que restabelece a concessão de auxílio-alimentação aos servidores públicos ativos da Administração Direta, Autarquias e Fundações do Estado.
Mais cedo os diretores das entidades ligadas ao Fespes estiveram na Assembleia cobrando dos parlamentares a célere tramitação e reforçaram a necessidade da revisão inflacionária dos valores, congelados desde 1997 com um déficit de 360%.
Ainda destacaram que o Projeto é uma manobra do governo para regularizar um ato inconstitucional que retirou de quem recebe por subsídios o direito à receber o auxílio-alimentação. Por isso defendem que seja pago os valores retroativos.
Com o regime de urgência a previsão é que a matéria seja aprovada ainda esta semana.