Conecta meio ambiente atrasa licenças ambientais simplificadas

Diferente do que tem sido propagado pelo  secretário de Meio Ambiente, Aladim Cerqueira, após a implantação do Conecta Meio Ambiente, denúncias revelam que as licenças ambientais têm sofrido atrasos impactando a redução na emissão de licenças simplificadas.

Isso se deve ao sistema automatizado apresentar falhas constantes.”Temos reclamação em massa dos empreendedores quanto às dificuldades e erros no sistema. Os quais ligam diuturnamente para o Iema pois têm problemas de preenchimento e gera erros. Isso ocorre pois o sistema não foi devidamente testado antes do lançamento.” denunciam os servidores.

Segundo apurado por essa reportagem, após a implantação do sistema houve uma redução de aproximadamente 85% na emissão de licenças simplificadas. Em média 70 licenças deixaram de ser emitidas por mês, para emitir apenas 15 licenças em 50 dias.

Anteriormente, o Iema emitia as licenças simplificadas num prazo de até 15 dias, conforme prevê a Instrução Normativa, não fazendo sentido a fala do secretário da Seama em postagem em rede social de que foi reduzido tempo de emissão de 40 dias, a emissão sempre ocorreu em até 15 dias e agora tem sido emitida com atraso.

O Sindicato cobra a direção do Iema que  atenda as necessidades da sociedade garantindo as prerrogativas de proteção ambiental e que construa melhorias com a participação efetiva dos servidores.

O Sindipúblicos buscou a assessoria de imprensa do Iema e da Seama, mas até a publicação desta reportagem não responderam os nossos questionamentos.