• Home
  • Notícias
  • Matérias
  • Casagrande anuncia reajuste para militares, exclui demais servidores e não recompõe perdas

Casagrande anuncia reajuste para militares, exclui demais servidores e não recompõe perdas

O Sindipúblicos cobra do governo a abertura imediata de negociação para que todos os servidores do Estado sejam contemplados com a política de recomposição salarial anunciada pela imprensa para os militares capixabas.

Reafirmamos a nossa pauta de reivindicação, para que o governador Casagrande cumpra seu compromisso de campanha, de recompor as perdas salariais que já ultrapassam 28,73%.

Repudiamos  o tratamento diferenciado do governador Casagrande que ignora as demais categorias que atuam diuturnamente para levar serviços públicos essenciais e de qualidade para a população. Todos os servidores possuem papel fundamental no desenvolvimento do Estado e estão, igualmente aos militares, com salários defasados.

Defendemos que tanto os militares, quanto os demais servidores, sejam respeitados e valorizados. Para isso, é preciso uma revisão nos planos de carreira, a recomposição salarial, bem como a abertura de concurso público para desafogar áreas que estão saturadas e com falta de pessoal.

O Sindipúblicos encaminhará documento ao governo e tomará as medidas cabíveis para garantir que o Estado cumpra seu dever legal de tratamento isonômico a todos os seus servidores, sem distinção.

Entenda a proposta do Governo para militares

Reajuste Escalonado

4% nos meses de julho de 2020, 2021 e 2022

Recomposição da inflação de 3,5%* em dezembro de 2020, 2021 e 2022

5% aumento para subtentes, sargentos, cabos e soldados referente a incorporação de escala de trabalho

*previsão

 

Fonte: A Tribuna-ES