Governador do ES, Hartung tem apenas 3% de intenções de voto para reeleição

Em enquete realizada no site do Sindipúblicos junto aos seus leitores, o atual governador Paulo Hartung (PMDB-ES) ficou com apenas 3% das intenções de voto para uma reeleição ao governo estadual.

Entre os dias 16 de outubro e 13 de novembro, a enquete foi disponibilizada para votação tendo como opções os possíveis candidatos que vem sido comentados pela mídia.

Entre esses o deputado estadual Sérgio Mageski, que alcançou 66% das intenções de voto com 2.265 votantes; seguido do ex-governador Renato Casagrande 16% | 552 votos; e empatados com 3% Helder Salomão (104 votos), Camila Valadão (103 votos) e Hartung (87 votos). Também empatados cada um com 1% estão Max Filho, Amaro Neto, Rose de Freitas e subtenente Rabello. Mauro Ribeiro ficou com 7 votos. Nulo e Branco com 4% e outros candidatos não citados foram lembrados por 41 votantes, representando 1%. Somando assim, 3.434 votantes.

A inexpressividade do governador Hartung para uma possível reeleição mostra o desgaste de sua gestão que tem sido marcada por cortes em todas as áreas, saúde, educação e a grave crise de segurança vivenciada pelos capixabas, que ficaram durante dias sem nenhum efetivo policial nas ruas devido a intransigência do governo em conceder direitos aos militares como o reajuste salarial anual que é previsto na Constituição.

Na saúde, hospitais estaduais estão super lotados e até  crianças em tratamento com câncer chegaram a sofrer com a falta de infraestrutura do Hospital Infantil. Na educação, turmas e escolas foram fechadas. E os serviços públicos estão sucateados com servidores há quase 4 anos sem reajustes.

Um dos motivos da rejeição da sociedade capixaba foi a delação na Lava Jato que denunciou Hartung, apelidado de Baianinho pelo delator, em possível envolvimento com a negociação de verbas junto à Odebrecht para candidatos locais.

Pesa ainda contra Hartung diversas denúncias com indícios de atos ilegais, como contratações excessiva de servidores temporários e comissionados no lugar de realizar concursos públicos; compra e venda de apartamento em bairro de classe média alta de Vitória com ganhos acima do mercado; mansão milionária não declarada no TRE; benefícios fiscais concedidos à empresas financiadoras de suas campanhas, entre outras.

Com a baixa popularidade no Espírito Santo, Hartung tem sondado sua carreira nacional para tentar permanecer na política. Já foi noticiado, conforme GazetaOnLine de possíveis convites de candidatura para o Planalto em diversas chapas como uma candidatura junto ao apresentador Luciano Huck.

A população brasileira precisa escolher bem os seus representantes em 2018, eliminando da política os que não representam os anseios da sociedade e também as figuras que surgem como ‘salvadores da pátria’.

Enquanto para governador nossos leitores parecem não validar mais a escolha por Hartung, e se o atual governador estivesse em uma chapa para a presidência da república, você votaria nele? Vote agora na enquete ao lado direito do site.  ==>

Confira abaixo vídeos sobre a situação do Espírito Santo:

Os luxos de Hartung.

Publicado por Fespes – Fórum das Entidades dos Servidores Públicos do Espírito Santo em Segunda, 13 de fevereiro de 2017

Em quem você votaria para governador em 2018? *Candidatos em ordem alfabética

  • Sérgio Mageski(66%, 2.265 Votes)
  • Renato Casagrande(16%, 552 Votes)
  • Nulo/Branco(4%, 140 Votes)
  • Helder Salomão(3%, 104 Votes)
  • Camila Valadão(3%, 103 Votes)
  • Paulo Hartung(3%, 87 Votes)
  • Outro(1%, 41 Votes)
  • Max Filho(1%, 35 Votes)
  • Ricardo Ferraço(1%, 29 Votes)
  • Amaro Neto(1%, 26 Votes)
  • Rose de Freitas(1%, 23 Votes)
  • Subtenente Rabello(1%, 23 Votes)
  • Mauro Ribeiro(0%, 7 Votes)

Total de Votos: 3.434

  • Carlos Antonio de Melo

    Talvêz o Hatung está achando que dando um agradozinho ao servidor público do ES vai se reeleger, o pior é que tem vote nele e até faz campanha para ele, ou seja os baba-ovos de plantão, ou aqueles que tem algum cargozinho nesta administração mal conduzida. Então se depender de mim vou anular o meu voto, pois mesmo aquele político bonzinho, quando eleito estará cheio de abutres ao seu redor só querendo uma vaguinha para mamar, e ai vai continuar tudo do mesmo jeito, ou governos que fazem uma ponte do nada para lugar nenhum. Infelizmente não tenho outra alternativa a não ser anular meu voto, pois so vejo lobo em pele de cordeiro nas eleições. Então não compartilharei de decisões nefastas de eleger não o político mas a turma de puxa-sacos e baba-ovos que estará com aquele que se eleger.

  • Pedro Paulino da Silva

    Penso que esse verme deveria ter 0%. Os 3% deve ser de alguns idiotas.